Av. Pedroso de Morais, 272 - Pinheiros, São Paulo - SP, 05420-000
Entre os metrôs Faria Lima e Fradique Coutinho

comercial@amplix.net

(011) 2476-9015 / 9016

Vendas sempre é um assunto de interesse, afinal de contas, quem não quer vender sempre mais. Nesse post utilizamos nosso conhecimento de 4 anos de consultoria para explicar como a Amplix conseguiu criar uma máquina eficiente de vendas. Vejam as 3 dias abaixo:

3 Dicas para dobrar suas vendas

Saiba como classificar seu cliente

1. Nem todo cliente é um bom cliente

Saiba como classificar seu cliente

Como assim classificar o cliente?

Todos os empreendedores, gestores e vendedores tem um feeling se aquele contato é forte ou fraco, se aquela venda tem mais chance de ser bem-sucedida que outra, se está falando com a pessoa que dá o ok final para a compra, etc. Juntando-se a esse feeling o controle de vendas e o histórico que você já tem, fica fácil classificar seu cliente ou a venda específica em forte ou fraca, aprovação alta ou baixa.

Isso ajuda muito a você gerenciar melhor a energia que vai gastar em cada venda e cliente. A frequência de contatos que você vai fazer, se vale a pena ou não oferecer um desconto ou uma melhor forma de pagamento, etc.

Essas táticas ajudam MUITO a organizar o seu tempo em busca de melhores resultados, isto é, mais vendas!

Você já havia pensado nesses pontos? Tente aplicar no dia a dia da sua empresa! Tudo começa com um primeiro passo.

Falarei mais nos próximos posts sobre funil de vendas, classificação dos clientes e das vendas. Isso pode te ajudar muito!

2. Controle no caderno faz você perder dinheiro, muito dinheiro!

Controle no caderno faz você perder dinheiro, muito dinheiro!

Tenha em mãos, de forma organizada, o controle dos cadastros e status dos seus clientes

Parece meio óbvio, mas a maioria das empresas, principalmente as micro e pequenas, não faz isso de uma forma eficiente.

Já vi várias delas fazerem isso em cadernos ou bloco de notas.

Ok, já é melhor do que não controlar nada, mas no caderno as informações se perdem, é difícil visualizar coisas antigas e tirar conclusões rápidas para as ações que devem ser tomadas hoje para o aumento das vendas. Por exemplo, com um controle no papel você nunca faria um gráfico para entender o que está acontecendo com seus clientes.

Controle no caderno faz você perder dinheiro, muito dinheiro!

O foco é sempre o aumento das vendas, isto é, não perder clientes antigos e conquistar novos clientes, para isso se tornar algo mais eficiente e fácil de controlar, é necessário ter um sistema padronizado para controle de clientes , ou como o mercado chama, um CRM. Esse é o sistema que usamos na Amplix, nós desenvolvemos internamente.

Controle no caderno faz você perder dinheiro, muito dinheiro!

E você não precisa de nada mirabolante para isso, basta ter um cadastro completo do seu cliente, com os contatos mais importantes com quem você deve fazer o folow up, o histórico de tudo o que foi tratado e uma lista das suas vendas.

3. B2B ou Pessoas2Pessoas

Negócios são feitos entre pessoas e não entre empresas

Em um curso de vendas que fiz na FGV essa frase chamou muito a minha atenção. No Brasil e nos países latinos em geral, essa é uma grande verdade.

Nós precisamos ganhar a empatia e confiança da pessoa com quem estamos falando. Se você ficar mal visto para o responsável pela compra, pode saber que a chance de vendas naquela empresa caia muito.

Negócios são feitos entre pessoas e não entre empresas

Por essa e por outras razões, manter um histórico de tudo o que foi tratado com cada cliente é imprescindível , quanto mais detalhado melhor. Saber o que, quando e a quantidade do que o cliente comprou, como foi a negociação, se foi dado algum desconto, forma de pagamento, detalhes das conversas, como por exemplo, em um dos seus contatos para negociação, o cliente se atrasou porque foi levar o filho no médico. Anote isso, num próximo contato pergunte como está o filho dele.

Ou o cliente comentou que está super puxado o dia a dia dele, que não conseguiu avaliar sua proposta, etc. Anote também. Num próximo contato fale “e aí como estão as coisas, melhorou um pouco a correria, está mais tranquilo? ”.

Isso aproxima as pessoas, mostra que você está prestando atenção na pessoa que está do outro lado e não só no $.

Mas não seja invasivo! O bom senso reina nessas horas.

Um bom exemplo disso é o resultado de uma pesquisa da Econsultancy realizada em setembro do ano passado em parceria com a RedEye, 95% dos varejistas de todo o mundo que implementaram a personalização nos canais offline tiveram aumento em suas taxas de conversão.